Land Rover Discovery puxa composição

Land Rover

Para demonstrar as novas capacidades de reboque do novo Land Rover Discovery Sport, a Land Rover pediu aos especialista da Aquarius Railroad Technologies para acoplar ao Discovery um par de rodados em ambas as extremidades, e atrelou-o a um trio de carruagens de primeira classe com peso total de 119 tonelados. São mais do que as 2.5 toneladas que legalmente este SUV pode atrelar, e 60 vezes mais do que o seu peso. Ou seja isto aproxima-se da massa total de um Boing 747.


Apesar disso, como se pode ver no vídeo, o SUV, não teve problema nenhum a puxar a carga, transportado-a durante os 285 metros que a ponte Hemishofen na Suiça mede.

O feito foi uma espécie de recriação daquele que a Land Rover em 1989 conseguiu, ao  transportar um composição com carros em Plymouth na Inglaterra, com um Discovery da primeira geração.
A diferença é que desta vez a marca, conseguiu um feito parecido, mas sem recurso a uma caixa de transferências com redutoras. Em vez disso, usou apenas o seu motor 2.0 de 4 cilindros a diesel, com 177 cavalos e 430Nm de binário, aliado a uma caixa de 9 velocidades e muita electrónica à mistura.
Sistemas como o semi-autónomo All Terrain Progress Control e o sistema de assistencia à rebocagem (Tow Assist), ajudaram a colmatar a falta da redutoras.


Apesar de isto ser um feito espectacular, não se aconselha a que se tente o mesmo com o seu veiculo. Todavia é impressionante ver o que um automóvel hoje em dia consegue fazer.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Notificar de
avatar
wpDiscuz