A próxima geração do Miata poderá ter fibra de carbono

A  geração actual do Mazda Miata não vai ganhar muitas provas de potência ou de velocidade, mas a sua simplicidade e o seu peso tornam-o num carro verdadeiramente divertido de conduzir. E a próxima geração do Miata poderá ainda ser mais leve graças ao uso de fibra de carbono.

Numa conversa com a Autocar, o chefe do programa Miata, Nobuhiro Yamamoto, disse  “o tamanho é o certo. Mas no futuro, materiais leves serão muito importantes e serão usado neste carro. Neste momento a fibra de carbono é muito cara, mas nós estamos a desenvolver um processo para criar  fibra de carbono de forma mais barata, pelo que o MX-5 será mais leve no futuro. ”

Atráves do uso da fibra de carbono, a Mazda será capaz de poupar muito peso, sendo assim possível reduzir também o tamanho do motor, o que fará com que o carro seja ainda mais leve.

“É um conceito simples”, disse Yamamoto. “O peso do veículo reduz, há um motor mais pequeno, pneus menores. É um desportivo leve.”

A grande questão, porém, é quão extensivo o uso de fibra de carbono será. Como disse Yamamoto,  é um material caro para usar. Será que o seu uso será limitado a guarnições e a pequenos componentes? Ou será o seu uso mais extenso? E como afectará preço do carro?

Independentemente disso, um Miata mais leve será a um Miata melhor. E se a fibra de carbono realmente for usada, o próximo Miata será provavelmente muito mais leve.


Relacionados com esta noticia

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Notificar de
avatar
wpDiscuz