A evolução automóvel que nos mantém seguros

A evolução dos veículos e da sua qualidade de construção, pode ser resumida em 10 segundos, para isso, basta ver filmagens entre dois testes de colisão, um com 50 anos e outro dos dias de hoje,  depois disso, vão-se perguntar como é que as pessoas sobreviviam nos acidentes de carros à uns anos atrás. Mas no meio de tanta tecnologia e evolução automóvel, será que conhece todas as inovações que previnem com que coisas piores nos aconteçam? Pois bem, vamos ver algumas destas inovações e perceber como é que elas nos ajudam a manter em segurança.

1. Controlo de estabilidade electrónico

Sem sombra de dúvida, o controlo de tracção é a maior inovação desde a invenção do ABS. Introduzida pela Bosh em 1995 no Mercedes S Class e no BMW Serie 7, mas como funciona? Caso o carro comece a escorregar ou a perder tracção, o sistema vai aplicar forças diferenciadas nos travões e dosear a aceleração, para assim voltar a  endireitar o carro, voltando a po-lo na sua rota correcta.

2. ABS

O ABS começou a ser utilizado em meados doa anos 90, antes do ABS a travagem devia ser feita através de diversos bombeamentos, para assim, impedir o bloqueio das rodas. O ABS doseia a força entregue aos travões, criando uma travagem mais optimizada, que reduz a distancia percorrida pelo carro até ser imobilizado.

3. Sensor de pressão dos pneus

Um rebentamento de um pneu é uma coisa, acontece de um momento para o outro, mas um pequeno furo que vai deixando fugir o ar do pneu, você consegue dar por ele? Os sensores de pressão dos pneus servem para isso mesmo, ajudam-nos a detectar pequenas fugas, antes que seja tarde de mais. Os sensores mais antigos limitavam-se a ler os valores e a comparar com um determinado valor previamente definido, pois o pneu quando está vazio roda ligeiramente mais rápido do que os restantes, e assim se conseguia determinar se este se encontrava ou não mais vazio. Actualmente os sistemas já são mais inteligentes e a leitura dos dados é feita por controladores wireless.

4. Airbag

Os Airbags, são uma das invenções que mais vieram contribuir para a diminuição da sinistralidade nas estradas. Inicialmente, existiam apenas para os condutores, mas logo se aperceberam da necessidade de alargar estes dispositivos aos restantes passageiros do carro, aumentando assim a segurança, conseguindo proteger mais partes dos corpos dos passageiros.

5. Aço mais fortalecido

À primeira vista, a melhoria do aço não parece ser importante para a segurança dos passageiros, mas é mais importante do que aquilo que parece…. Com o tempo conseguiram se criar ligas de aço mais leves e resistentes, que quando utilizadas em zonas cruciais do carro, aumentam a segurança para os ocupantes. Um exemplo simples é o aço usado nos pilares do carro, que impedem o compactamento do tejadilho em caso de capotamemento.

6. Luzes adaptativas

Um dos componentes do carro que tem sofrido mais alterações são as luzes, com o aparecimento de novos sistemas Xenon e LED a iluminação  das estradas melhorou como da noite para o dia, literalmente… As luzes hoje em dia, são mais claras e mais brilhantes, o que é bom para iluminar a estrada, mas isso cria problemas e  incomodo aos condutores que seguem à nossa frente. Por isso mesmo, os sistemas de luzes adaptativas conseguem regular a intensidade da luz de maneira a não encandear quem segue à nossa frente. Actualmente os sistemas conseguem criar pontos escuros no feixe de luz mediante a posição na estrada do veículo que segue à nossa frente.

7. Travagem automática de emergência

Grande parte dos pequenos acidentes e atropelamentos dão-se nos centros urbanos, e estes devem-se a distracções, o sistema de travagem automática ajuda a prevenir esses acidentes. Se por exemplo, estivermos numa fila de transito circulando a velocidades reduzida e o carro da frente travar repentinamente, este sistema vai imobilizar o nosso carro de forma a que este não colida com o da frente. Este sistema também funciona com animais, peões e ciclistas.

8. Sistema de ponto morto de visão

Esta inovação, utiliza um sistema de radar ou ultra sons, que se encontram colocados nos quartos traseiros do carro, os chamados pontos mortos de visão. Para quem não sabe, estes pontos mortos são pontos de visão que não são visíveis através dos espelhos do carro. Este sistema é uma grande ajuda, especialmente quando queremos mudar de faixa e não conseguimos ver um veículo que segue à nossa retaguarda, ajudando assim a evitar uma possível colisão.

9. Visão nocturna

São poucos os carros que têm esta tecnologia, pois é proibitivamente cara, e só os carros de luxo acabam por ser contemplados com este extra. Este sistema recorre a sensores de infravermelhos que permitem detectar obstáculos que estão para além do alcance das luzes do nosso carro, conseguindo detectar antecipadamente  obstáculos. A imagem detectada é mostrada num visor e os objectos detectados acabam por ganhar um contorno mais acentuado para conseguirem ser perceptíveis ao condutor

10. Lane-Keeping Assist

Este sistema é aquele que nos mete na linha, ou mais propriamente, entre as linhas, alertando o condutor com vibrações no volante e no banco, caso este esteja prestes a sair de estrada. Caso o condutor não reaja aos alertas, o sistema toma papel activo e intervenciona directamente, travando o carro e virando o volante de maneira a que o este se mantenha em estrada. Muitas das mortes nas estradas dão-se devido a acidentes graves resultantes de despistes provocados por sonolência ou distracção do condutor, com este sistema essas ocorrências podem ser diminuídas.

Relacionados com esta noticia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar de