O que se sabe sobre o próximo Porsche 911

Num artigo da Car and Driver foi dito que apesar de o novo 911 RSR adoptar um motor central, o novo 911 irá manter o seu motor na traseira do carro. No entanto, existe a possibilidade que seja posicionado um pouco mais à frente do que o habitual para melhorar a distribuição de peso.

Entre as razões pelas quais se pensa que esta nova geração irá manter o motor traseiro a que mais parece pesar é a tradição de todos os 911 terem bancos traseiros (embora sejam pequenos). Isto é uma característica que ajudam a distinguir os 911 dos rivais de motor central e tracção traseira como os Ferrari e McLaren.

 

Uma novidades que se sabe sobre esta nova geração é que mais uma vez vai ser mais larga do a que predecessora, sendo esta diferença mais acentuada na frente. Também se sabe que além da tracção traseira que vem de série, irão existir versões de tracção integral em alguns modelos.

 

Os fãs mais acérrimos da marca ficarão contentes por saber que apesar do 718 Cayman e Bobster terem adoptado motores de 4 cilindros de alimentação forçada, o próximo 911 continuará a ter motores de 6 cilindros, também de alimentação forçada,  que serão versões actualizadas dos actualmente em comercialização.

 

Uma versão híbrida plugin também foi confirmada, sendo que a autonomia que a Porsche tenciona oferecer nesta versão uma autonomia de  sensivelmente 50 quilómetros.

 

Quanto a datas de lançamento, tudo aponta para que esta nova geração esteja disponível a partir do fim de 2018 ou inícios de  2019.

 

Fonte: Car and Driver

Relacionados com esta noticia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar de