Porsche Mission E a ser “treinado” para enfrentar os Tesla

porsche

Foi já há dois anos que a Porsche apresentou ao mundo o protótipo do Mission E, que prometia ficar pé a pé com as ofertas da Tesla em campos como a performance e autonomia. Além disso, a Porsche prometeu que este Mission E teria uma dinâmica de condução própria de um automóvel da marca.

Passados dois anos, e chegando aos dias de hoje, parece que a Porsche está mesmo comprometida em não faltar com a sua palavra, ao ser apanhada nos últimos tempos a por o seu protótipo ao lado das ofertas da Tesla (tanto o Model S como o Model X) durante os seus testes.

Quanto ao Porsche Mission E, e mais em específico relativamente ao design, o mesmo parece já ter sido afinado, sendo que  já se distanciou um pouco do protótipo inicial. O capô ultra baixo e as grandes saias laterais deram lugar a elementos de dimensões mais normais, sendo que outras partes do carro tiveram o mesmo tratamento. No entanto, o resultado final ainda grita Porsche.

Com a data prevista de início de produção marcada para 2020, a Porsche promete vender este carro com uma autonomia de 500 quilómetros e ao mesmo tempo ser capaz de gerar uma potência total de 590 cavalos. Também uma curiosidade importante prende-se com a Porsche ter anunciado um sistema de carregamento de 800 volts capaz de carregar o carro até aos 80% em 15 minutos.

Com um preço anunciado entre os 68 000 e os 77 000 euros (80 000 a 90 000 doláres) ,a máquina que teve muito do seu sistema testado no 919 Hybrid durante as 24 horas de Le Mans, poderá revelar ser de facto um grande concorrente face às propostas Norte Americanas.


Sigam-nos no Facebook e subscrevam o nosso canal no Youtube

 

Fonte e Imagens: Autoblog

Relacionados com esta noticia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar de