Como saber se a embraiagem ainda está boa?

A embraiagem é um dos componentes mais importantes num carro, pois é graças a ela, que o carro ganha vida e se consegue mover. É claro que existem sistemas que não usam embraiagem, mas a maior parte dos carros que circulam nas nossas estradas, têm uma.

Como todos os componentes de um carro, as embraiagens têm um tempo de vida útil, pois é uma peça de desgaste e a sua duração, depende sempre do seu estilo de condução, por isso mesmo, neste artigo, vamos ver como é que pode detectar, se a embraiagem do seu carro ainda está boa e como é que pode prolongar a sua vida útil.

Já Subscrevam o nosso canal no Youtube?

 

Mas como é que sabemos, se a embraiagem já está perto do seu tempo de vida útil?

Um dos sintomas mais extremos, acontece quando estamos a conduzir a uma velocidade fixa e começamos a reparar que as rotações do motor vão ficando demasiado elevadas. Aqui é sinal que ela já não está a agarrar bem mesmo quando não está sobre grande pressão.

Mas para chegar a este ponto, certamente deve ter reparado, que esta começou a patinar especialmente ao fazer o “ponto de embraiagem”, em momentos em que é solicitado um maior esforço por parte do motor. Nestes casos,com a falta de força, vem também um cheiro a queimado, é um cheiro muito característico, que irá sentir tanto dentro como fora do carro.

Veja ainda: Descubra como funciona a sua embraiagem

Outro sintoma que podemos notar, é a rigidez do pedal, este começa a ficar duro e a oferecer uma maior resistência. As passagens entre primeira velocidade e a marcha-a-trás, também poderão servir para avaliar o estado deste componente, caso exista algum tipo de dano, irá haver uma maior resistência, ao tentar engrenar estas marchas.

Por fim, um dos testes que poderá fazer, é carregar no pedal da embraiagem e largar com o carro em ponto morto. Nesta caso exista algum problema com os rolamentos, ou com o mecanismo da embraiagem, deverá ouvimos uns pequenos barulhos como se de estática se tratasse.

Como posso prolongar a vida da embraiagem?

Para esta resposta, devemos acima de tudo, adoptar um estilo de condução correcto, ou seja, não ter comportamentos que possam danificar ou causar maior esforço sobre a embraiagem.

Um dos maiores erros que se podem fazer, é conduzir com o pé esquerdo apoiado sobre o pedal da embraiagem, mesmo que possa pensar, que não tem efeito negativo, está na realidade a pressionar as molas e o disco não fica ligado correctamente ao volante do motor.

O uso de mudanças mais altas quando circula a velocidade baixa, ou reduções bruscas de velocidade, são comportamentos a serem evitados, pois levam a um desgaste ainda mais rápido deste componente.

A última dica é muito provavelmente aquela que faz e não dá por ela, que é não fazer um “ponto de embraiagem” como deve ser, onde causa demasiado esforço sobre a embraiagem, caso ainda não domine esta técnica, poderá utilizar o travão de mão para arrancar em locais mais inclinados, onde o motor é obrigado a um maior esforço.

Relacionados com esta noticia

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
mais recente mais antigo mais votado
Notificar de
trackback

[…] veja ainda: Como saber se a embraiagem ainda está boa? […]