Mazda MX-5 NA ou ND qual o mais rápido em Nurburgring?

O Mazda MX-5, tem sido um alvo de desejo nos últimos anos, especialmente para aqueles que querem ter um carro desportivo a baixo custo. O modelo mais procurado acaba por ser a primeira geração, embora nos últimos tempos, o seu preço tenha vindo a aumentar consideravelmente.

Os modelos de 2ª e 3ª geração, embora sejam carros interessantes, acabaram por nunca ter o sucesso do NA, que pelo seu design e  pelo seu prazer de condução,foram cativando seguidores um pouco por todo o mundo.

Mas as coisas mudaram, pois com esta 4ª geração, a Mazda voltou ao básico e construiu um carro, que para muitos é uma reinterpretação do velhinho NA.

Já Subscrevam o nosso canal no Youtube?

Mas quanto melhor é que este novo modelo é face ao primeiro? Será que vale a pena investir no novo modelo, ou comprar um mais antigo? As respostas a estas questões, são demasiado complexas, por isso mesmo, vamos utilizar um exemplo, que se baseia apenas no tempo do carro em pista.

Há Três anos atrás, o pessoal do canal OneLapHeroes, compraram “o pior” Mazda MX-5 que conseguiram encontrar na Alemanha e imediatamente, foram com o carro para Nürburgring, para ver qual seria o tempo por volta, que um MX-5 NA velhinho e cansado, conseguiria fazer.

O “banana ring”, nome que deram ao carro, estabeleceu um tempo por volta de 9: 21.8, o que é impressionante para um MX-5 velho e enferrujado. Três anos depois, o canal OneLapHeroes decidiu que estava na hora de fazer novo teste, só que desta vez, com o novo modelo do MX-5.

O ND estabeleceu um tempo de volta de 8: 50.1, melhorando em 31.7 segundos, o tempo por volta do velhinho NA.

Veja ainda: MX-5 o carro menos prático para transportar um corpo

Se são o tipo de pessoa que apenas se interessa nas performances do carro, o MX-5 ND é o modelo ideal para si.

No entanto, se 30 segundos não fazem grande diferença, o melhor é canalizar os milhares de Euros que ia dar pelo ND e comprar um NA em baixo de forma, trazer o carro de novo até aos seus dias de glória, e no final, ter um clássico para passear nas calmas e com o cabelo ao vento.

Relacionados com esta noticia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar de