Já imaginaram como é que a tecnologia VTEC funciona?

VTEC significa “variable valve timing and lift electronic control”, que traduzindo para  português quer dizer “controlo variável de válvulas e controlo electrónico de elevação”.

Uma das principais características do VTEC, é permitir diferentes perfis na árvore de cames, o que significa diferentes aberturas das válvulas, dependendo da rotação do motor.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

Para isso, as árvores de cames têm sempre 2 tipos de elevações, que serão utilizadas dependendo da rotação do motor. Em rotações mais baixas, irão ser usadas as elevações mais baixas, que irão fazer com que as válvulas tenham uma abertura menor.

No entanto, quando a rotação do motor aumenta, é necessário que haja uma maior admissão de ar, para que a mistura de oxigénio/combustível seja mais rica e é aqui que a magia do VTEC acontece.

Passam a ser as maiores elevações a serem utilizadas, o que irá fazer com que o curso da válvula seja maior e consequentemente, estas deixem entrar e sair mais ar do cilindro, permitindo ao motor “respirar melhor”.

Veja ainda: Batalha em pista, qual o melhor VTEC de sempre?

Nos motores atmosféricos, esta tecnologia era utilizada tanto nas válvulas de admissão, como nas válvulas de escape, no entanto, com a chegada dos motores turbo, a tecnologia VTEC, é apenas usada nas válvulas de escape, pois a quantidade de ar que entra no motor é agora gerenciada pelo turbo.

Este vídeo do canal Engineering Explained explica todo este funcionamento de uma maneira simples e bastante ilustrativa.

Relacionados com esta noticia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar de