tesla

A Tesla parece estar-se a aproximar do desenvolvimento de uma bateria que diz ser boa para 1.6 milhões de quilómetros.

A 26 de dezembro, a Tesla, em parceria com físicos da Universidade Dalhousie do Canadá, registou uma patente para uma nova tecnologia de bateria de íons de lítio que supostamente supera facilmente as actuais baterias de íon de lítio usadas normalmente pela maioria dos veículos eléctricos actuais.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

Elon Musk disse que a Tesla estava a trabalhar em uma nova bateria em abril de 2019. Esta bateria não só seria util nos seus actuais modelos, mas teria maior impacto para camiões que são percorrem bastantes quilómetros por ano.

A bateria de 100 kWh usada pelos actuais modelos Tesla Model S e Model X, são consideradas boa para entre 1000 e 2000 ciclos de descarga. A nova tecnologia de íons de lítio descrita na patente, se usada, pode só perder 5% de sua capacidade após 1000 ciclos de descarga e manter 90% de sua capacidade até 4000 ciclos.

tesla

As alterações nesta nova bateria descrita na patente alega aumentar a eficiência, a densidade de energia e a longevidade a custos reduzidos em relação às baterias actuais. A nova estrutura de cristal de cátodo e composição química também significam que é mais resistente a danos causados pelo ciclo de carga.

As baterias de estado sólido estão a ser favorecidas por muitos fabricantes de automóveis como o futuro dos veículos eléctricos. No entanto, estas patentes revelam que Tesla e Elon Musk acreditam que as baterias de íon-lítio ainda têm muita vida útil.