A Renault escolheu o Salão Automóvel de São Paulo para dar a conhecer dois protótipos que não estavamos à espera: O Renault (ou Dacia em Portugal) Sandero RS Grand Prix e o Duster Extreme.

O primeiro, é uma versão mais desportiva do carro que no mercado português tem como preço de entrada 8,990 euros, e conta com um motor de 2 litros de capacidade capaz de produzir 148 cavalos de potência. Também conta com um exterior mais agressivo, usando o mesmo esquema de cores do que o carro F1 da empresa mãe. No interior, seguiram o mesmo esquema de cores do exterior, sendo que as aplicações em dourado reinam em quase todas as superficies.


No segundo protótipo, o Duster Extreme, foram dados uns pequenos retoques que melhoraram a aparência do pequeno crossover e que lhe enfatizou as (pequenas) capacidades  todo-o-terreno. As modificações vão desde novas jantes, maior altura ao chão, para-choques dianteiro e traseiro alterados, coluna de iluminação no tejadilho em LED, e algumas pequenas modificações no interior. Como unidade motriz foi aplicada um motor de 4 cilindros de 2000 de cilindrada capaz de transmitir potência às 4 rodas.
A marca fez questão de mencionar que não tem planos para comercializar este modelo, apesar de algum deste equipamento poder vir a ser um opcional para aqueles clientes que quiserem dar ao seu Duster um aspecto mais todo-o-terreno.


Fonte: CarScoops