Executivos da Mercedes e da BMW admitem ter demasiados modelos

Após vários anos a tentar marcar presença em todos os nichos de mercado, dois gigantes alemães admitem que possuem demasiados modelos.

De acordo com a Car&Driver, existem pessoas dentro BMW  e Mercedes que acreditam que vários modelos coupé e descapotávies estão em risco de desaparecer do leque de ofertas das marcas.

Esta afirmação foi confirmada foi posteriormente confirmada com o director de vendas e marketing da BMW, Ian Robertson, que em declarações à CarScoops afirmou que a construtora alemã já preencheu quase todos os nichos de mercado, e que apesar ainda estar para chegar entre outros, o X2 e X7, existirão modelos que serão removidos das ofertas da marca.
Ainda desta conversa, retirou -se a informação que os modelos Gran Coupé não estão em risco, visto estarem a ter números de vendas muito mais animadores do que os Coupé.

O facto dos modelos de duas portas estarem a ter pouca saída ajudou a BMW a optar por partilhar os custos com a Toyota para desenvolver o próximo Z4 roadster.

Numa conversa sobre o mesmo tópico com Dieter Zetsche, o presidente da Mercedes-Benz durante o salão automóvel de Genebra, também confirmou o fenómeno. Este disse que os coupés e descapotáveis são um produto de nicho e que nem a expansão para outros mercados ajudou a aumentar os números de vendas, o que está a pôr em questão a viabilidade dos mesmos.


 

Relacionados com esta noticia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar de