termómetros dos carros estão incorretos

Numa altura em que o calor aperta, são muitas as vezes que nós condutores andamos de olhos nos termómetros do carro, para saber a temperatura exterior. Certo é, que os valores apresentados pelos termómetros dos carros estão incorretos.

Mas porque? Primeiro de tudo, o termómetro do carro é nada mais que um termístor, ou seja, um sensor que mede a temperatura consoante a carga elétrica que esteja a detetar naquele momento, em vez de expandir ou contrair como o mercúrio num termómetro tradicional.

Dependendo da marca, o sensor pode ser colocado a frente no carro, por detrás da grelha ou em outras zonas. Isto faz com que, em dias quentes, ele também esteja a capturar o calor proveniente do asfalto, fazendo com que as leituras sejam incorretas, acabando por mostrar valores maiores do que os reais.

Durante a noite, é quando os valores se tornam mais reais, visto que existe menos calor no asfalto. outro momento em que o termómetro se torna mais preciso é em andamento, pois aí é quando menos se faz notar esse calor radiante do asfalto.

Da mesma maneira como o calor afeta este sensor, dias muitos frios também baralham os valores lidos por estes sensores, porque estando a estrada muito fria, quando em caso de gelo por exemplo o sensor capta valores mais frios vindos do asfalto.

Basicamente estes dispositivos não servem para fazer leituras exatas da temperatura exterior, mas si para nos podermos orientar com o que realmente possa estar no exterior. Os valores mais ou menos exatos, acabam por depender do piso e velocidade de onde se circula.

O ideal mesmo, será ainda consultar algum servidor web, ou um boletim meteorológico para verificar o valor mais assertivo da temperatura exterior.

Acharam o nosso conteúdo útil? Não se esqueçam de fazer like na nossa página de Facebook e de subscreverem o nosso canal do Youtube. Se gostas mesmo muito do nosso projeto, torna-te nosso patron e apoia-nos na nossa página do Patreon.