Numa altura em que vemos países e marcas a investir fortemente no fim dos combustíveis fósseis, existem empresas que ainda acreditam que estes ainda têm futuro. É o caso da Continental, que esta actualmente a desenvolver uma tecnologia que promete reduzir em 60% as emissões de partículas e 4% o consumo de combustível.

O sistema desenvolvido, passa por efectuar um tratamento através de um processo eléctrico, que será capaz de reduzir as emissões de NOx em 60%. Os valores apresentados são para uma condução real e para um teste meramente laboratorial.

Ao contrário do processo catalítico normal, que usa o motor para fornecer calor para desencadear este processo, a utilização de um sistema eléctrico de 48V, permitirá que se consiga um aumento de temperatura muito mais rápido no catalisador, o que permite obter uma redução de gases mais eficiente.

Actualmente já existem sistemas semelhantes que utilizam sistemas de 12V, no entanto, com a passagem para um sistema de 48V, os resultados obtidos melhoram significativamente.

 

Para os seus testes, a marca de pneus, converteu um VolksWagen Golf para utilizar o seu novo sistema de 48V, e durante os testes feitos numa condução dita normal, obtiveram uma redução de 60% nos gases emitidos e uma melhoria nos consumos.

Parece que nem todos acreditam no fim dos combustíveis fósseis, e vocês, julgam que esta pode ser uma solução a curto prazo, ou já nada pode parar a febre dos eléctricos?

Fonte: Auto Express

Gostaram do nosso artigo? Não se esqueçam de fazer like na nossa página de Facebook e de subscreverem o nosso canal do Youtube. Se gostas mesmo muito do nosso projeto, torna-te nosso patron e apoia-nos na nossa página do Patreon.