efeito submarino

Um problema nos cintos de segurança, pode deixar um passageiro traseiro solto, durante manobras a alta velocidade. Este problema foi identificado no Seat Arona, Seat Ibiza e Volkswagen Polo e a VW, avisa os proprietários dos carros afectados, para que não usem o banco traseiro do meio até o carro for chamado pela marca.

A revista finlandesa de automóveis Tekniikan Maailma, descobriu que a fivela traseira esquerda nos três modelos, que são baseados na plataforma MQB do Group VW, soltava-se quando os carros transportavam cinco pessoas.

Um porta-voz da VW confirmou à Autocar que está ciente do problema e disse que a marca “fornecerá uma solução técnica em breve e chamará os veículos envolvidos”.

Sigam-nos no Facebook e subscrevam o nosso canal no Youtube

O problema parece estar relacionado com a localização da fivela do meio, que é montada um pouco mais acima do que a da esquerda. Durante uma mudança de faixa a alta velocidade para a esquerda, o peso do passageiro do meio empurra essa fivela contra a fivela esquerda num ângulo que pressiona o botão e solta a fivela esquerda.

A revista Tekniikan Maailma refere que isso aconteceu em várias ocasiões, nos vários modelos identificados. Eles testaram dois Aronas, para confirmar que o problema não era isolado para o carro que teriam em teste.

Aparentemente, a solução mais fácil para solucionar o problema, passar por encurtar ou alongar o cinto de fixação da fivela do meio em alguns centímetros.”

Veja ainda:  Dieselgate – Regularização dos carros passará a ser obrigatória.

O porta-voz da VW referiu que o recall será “realizado em cooperação com as autoridades nacionais de registo de veículos, que também aprovam as medidas de recall de segurança”.

“Como uma acção imediata, informaremos os clientes e aconselharem que os passageiros não usem o banco traseiro médio dos modelos identificados.