Esta é a fúria do Mercedes 190E 2.5-16 Evo II

Quando a Mercedes-Benz lançou o seu W201, em 1982, ninguém imaginou que saísse um modelo como o Evo II. No entanto, em 1990, o mesmo foi lançado como sendo o 190E. A partir daí, o que fez foi deixar para trás toda a competição, como, por exemplo, o BMW M3 E30.

Quando saiu a segunda versão dos 190E, a mesma vinha equipada com um PowerPack da AMG, acoplado aos seus motores Cosworth de 16 válvulas e 2500 c.c.’s de cilindrada. Além disso, também vinha equipada com uma suspensão electrónica com controlo de altura e um body kit que incluía um spoiler traseiro gigante que era ajustável, que efectivamente melhorava o comportamento do carro ao reduzir a resistência ao ar e a aumentar a força descendente para garantir que o carro ficava colado à estrada.

Até ao final da produção deste modelo, foram criados 502 exemplares do Evo II, que foram prontamente vendidos.

O modelo aqui em questão foi convertido por uma empresa profissional em carros clássicos chamada Mechatronik Engineering, num exemplar similar àqueles que circulavam nas provas DTM.

Apesar de estar for a do nosso alcance, podemos vê-lo, neste video, em Monza, a dar tudo o que tem e admirar a engenharia alemã no seu auge.

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar de