Ford reduz o número de plataformas base dos seus veículos

Ford

A Ford está a passar por uma fase de reestruturação, e prepara-se para passar para a próxima fase. Numa tentativa de reduzir custos, a empresa irá reduzir o número de plataformas globais para apenas cinco, construindo todos os veículos a partir dessas plataformas modulares.

Com isto a empresa conta cortar cerca de 25,5 biliões de dólares em custos nos próximos cinco anos, sendo a eliminação de plataformas desnecessárias parte desse percurso. A Ford chegou a ter 30 plataformas globais, mas sob o ex-chefe executivo Alan Mulally, esse número foi reduzido para os nove atualmente em uso.

Durante uma apresentação na J.P. Morgan Auto Conference de 2018, o chefe de desenvolvimento e compra de produtos da Ford, Hau Thai-Tang, disse que as medidas de redução de custos se estendem ao plano One Ford de Mulally, que ajudou a salvar a empresa da falência.

Segundo Thai-Tang, a mudança para apenas cinco plataformas globais aumentará a eficiência da base de fornecimento da Ford, revelando que até 70% do valor de um veículo pode ser gerado por meio de uma abordagem modular.

Já Subscrevam o nosso canal no Youtube?

As cinco plataformas da Ford que se movem para a frente serão as seguintes: uma plataforma de tração nas rodas com tração traseira / tração nas quatro rodas, tração nas rodas dianteiras / unibody AWD, um monovolume comercial, um monobloco RWD / AWD e uma plataforma para todos os veículos elétricos.

A empresa também pretende economizar cerca de 7 biliões de dólares em custos de engenharia e desenvolvimento de produtos. Também reduzirá o tempo necessário para levar um veículo do papel para o concessionário em 20%.

ford

Relacionados com esta noticia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar de