A Daimler começou o seu ataque à Tesla, com o lançamento do Mercedes EQC, que será seguido por mais nove carros eléctricos nos próximos quatro anos.

Até 2022, a Mercedes irá lançar o SUV EQC, o hatchback EQA, o pequeno SUV EQB e uma berlina de nome EQS.

Na Smart irão ser lançados mais três veículos elétricos,  Fortwo, Fortwo Cabriolet e Forfour , elevando assim a contagem para sete. Uma versão eléctrica da Class-V, também já foi confirmada e deverá ser lançada em 2022.

Já Subscrevam o nosso canal no Youtube?

Os dois últimos carros da lista ainda não se sabe muito sobre eles, mas o mais provável é que seja um sedan baseado no EQA.

A chefe de desenvolvimento da Mercedes, Ola Kallenius, disse que a família de eléctricos da marca irá crescer e que o EQC pelas suas características, foi o ideal para servir de rampa de lançamento.

O CEO da Mercedes, Dieter Zetsche, acrescentou que com estes 10 novos veículos, conseguem cobrir 60% dos seus segmentos mais relevantes, no entanto, os restantes 40% não estão esquecidos por parte da marca alemã.

No segmento dos desportivos, segundo os responsáveis da Mercedes, ter um AMG eléctrico é inevitável, pelo que, poderemos ver um desportivo de alto desempenho eléctrico nos próximos 5 anos.

Juntamente com os 10 veículos eléctricos que serão lançados até 2022, a Mercedes também confirmou 50 veículos electrificados durante esse período de tempo, incluindo híbridos e híbridos plug-in.

Neste programa a Daimler investiu mais de 10 mil milhões de Euros, uma quantia bastante significativa, para garantir que consegue passar a perna à Tesla.