Uma das coisas mais fascinantes do Goodwood Revival, é que os carros clássicos, vão para lá para serem conduzidos no limite. Nunca é um desfile lento em volta da pista e os Ferraris e Jaguars  vintage que andam por lá, batalham uns contra os outros, havendo bastantes contactos.

Independentemente do valor dos carros, eles vão para serem conduzidos, não importando o estado com que chegam ao final do dia.

Já Subscrevam o nosso canal no Youtube?

Este vídeo partilhado no canal Goodwood Road & Racing no YouTube, mostra a atitude que faz do Goodwood o que realmente é. Rob Huff, num E-type, estava no encalce de Nigel Greensall que seguia num E-type Roadster, no entanto, sempre que Rob Huff encostava o nariz do seu carro ao E-type Roadster, o capon subia, obstruindo a visibilidade e impedindo a manobra.

No entanto, isso não impediu o piloto de realizar a manobra, que depois do E-type Roadster alargar a trajectória e perder a posição, Huff lá conseguiu realizar a manobra.

Veja ainda: Isto são 25 milhões de euros a sofrerem um embate

Só podemos imaginar quanto trabalho é necessário para manter um Jaguar clássico como aquele numa pista ligeiramente molhada, especialmente com o capon a tapar sempre a visibilidade.