Este Peugeot 205 GTI foi construído como um carro de hill climb em 1988, por Reg Phillips. No entanto, uns anos depois, este carro foi vendido a dois engenheiros de F1, Richard Marshall e Willem Toet, que queriam desenvolver um carro, para competir em provas de Hill Climb.

Como ambos se encontravam fortemente envolvidos com a equipa Benetton F1, da qual Michael Schumacher fazia parte na altura, não demorou muito, para que grandes mudanças fossem feitas no 205.

O carro tornou-se numa espécie de carro teste para a Benetton F1 e eles, equiparam todos os tipos de equipamentos de registo no carro, muitos que ainda permanecem até hoje.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

Foi um dos primeiros carros de Hill Climb a ter controlo de tracção, isto em 1992 e usou-o para dominar em condições molhadas, qualificando-o muitas vezes, para o então chamado Top 10 run off, no qual, se encontravam máquinas muito mais poderosas.

Tornando-se um dos carros mais bem-sucedidos Hill Climb da cena britânica nos anos 90, ele teve muitos recordes de classe, que só foram quebrados muitos anos depois. O carro competiu durante quatro anos e foi depois disso guardado.

Veja ainda: Este Honda Civic EG6 é uma pequena besta para provas de Hillclimb.

Mais recentemente, o carro voltou a ser actualizado, tendo recebido uma pintura nova, uma nova caixa de velocidades e o seu motor, foi completamente reconstruído, produzindo agora mais de 280cv às 8500rpm. Pesando apenas 622kg, esta mistura tornam ainda este Peugeot 205 GTI, uma maquina que mete muito respeito a alguns concorrentes.

Na edição do ano passado do Retro Rides Gathering, foi possível ver quão fantástico, rápido e barulhento é este Hot Hatch francês.