Os carros eléctricos são opções interessantes, para quem procura um carro amigo do ambiente, com custos de utilização reduzida. No entanto, ainda existem alguns constrangimentos na sua utilização.

O grande argumento dos eléctricos, é o facto de eles serem mais limpos e amigos do ambiente, no entanto, se a infraestrutura não mudar, chegaremos a um ponto, onde a energia que usamos para os carregar não é obtida da forma mais limpa.

 

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

À medida que as vendas de carros eléctricos crescem, cresce a necessidade de electricidade derivada de combustível fóssil. Assim, algumas empresas estão a desenvolver maneiras de criar electricidade mais limpa.

Uma empresa baseada no Reino Unido está a utilizar hidrogénio com esse fim.

A AFC Energy, está baseada no Reino Unido e tem trabalhado num projecto chamado CH2ARGE. Já se passaram 10 anos e a ideia, passa por usar células de combustível de hidrogénio, para carregar carros eléctricos.

De acordo com a AFC Energy, o governo do Reino Unido, declarou que 50% das vendas de carros novos, serão eléctricos até 2030, o que levará a nove milhões de VEs na estrada. Em 2040, estima-se que, 100% das vendas de carros novos, deverão ser eléctricos.

Isto, irá levar a um aumento de 8 gigawatts, para atender ás necessidades dos carros eléctricos no futuro. Se um em cada 10 dos VEs, estiver a ser recarregado simultaneamente, a futura frota de 36 milhões de carros do Reino Unido, terá um pico de demanda de 25.7 GW.

Esta demanda máxima, equivale a aproximadamente metade da necessidade actual do Reino Unido, o que resulta na necessidade de construção, de pelo menos, 17.100 turbinas eólicas, para compensar a energia necessária.

Existem empresas, que trabalham com hidrogénio renovável, isto é, é utilizada energia eólica ou solar, para separar o hidrogénio da água. Este hidrogénio renovável, poderia ser usado para suplementar a energia renovável, para carregar carros eléctricos.

A célula de combustível da AFC Energy, pode ser implantada como parte de um esquema de baterias de hidrogénio.

Quando a demanda da rede é baixa, o excesso de energia gerada por fontes renováveis, como eólica ou solar, pode ser desviado para um electrolisador de água, para a geração de hidrogénio.

Este será armazenado e libertado de forma optimizada, para atender aos picos de demanda da rede eléctrica.

No entanto, a questão que se coloca é… Não seria mais fácil utilizar o hidrogénio como fonte de energia directamente no carro, sem ter que estar a sobrecarregar a rede eléctrica? Deixa-nos a tua opinião, sobre qual poderá ser o futuro que a mobilidade terrestre.