Em poucos meses, a Volkswagen irá lançar a oitava geração do Golf e sem surpresas, os entusiastas já começam a sonhar, como será o novo Golf R. Jost Capito, chefe da divisão R da VW, deixou algumas ideias de como poderá ser o novo modelo.

Devido à sua longa história com a Ford, antes de ingressar na VW, onde ajudou a criar o Focus RS Mk2 e RS MK3, ele fala um pouco sobre o modo drift do RS Mk3 e até que ponto o poderemos vir a encontrar no novo Golf R.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

Por isso mesmo, se já se tinham questionado sobre haver o modo Drift no novo Golf R… bom, a resposta é não.

Segundo o mesmo, “O Focus RS está preparado para o condutor se divertir acima de tudo”. O modo de drift, foi desenvolvido pela Ford e é algo que caso a Volkswagen quisesse utilizar, teria que desenvolver o seu próprio sistema, o que acarreta custos.

Em relação à direcção ás quatro rodas, tecnologia utilizada por exemplo no Renault Megane RS, também será algo que não fará parte do novo Golf R, pois segundo Capito, é algo que não é necessário num carro do tamanho do Golf.

Uma versão híbrida do Golf R, será algo que também estará fora dos planos. Numa entrevista anterior, o chefe da VW R, confirmou que o motor terá cerca de 300cv, visto que produzir um carro com quase 400cv, o tornará muito caro. O objetivo para este modelo será um preço abaixo de 50mil euros na Alemanha.

O Golf R actual, tem um motor 2 litros turbo de 296cv, acoplado a uma caixa manual de seis velocidades ou a uma transmissão automática de dupla embraiagem.

Com tudo isto, o Golf R MK8, será um pouco mais potente que o modelo actual, mas que com outras melhorias, o deverão tornar mais rápido e juntamente com o novo chassi, torna-lo também mais ágil.