Volvo

A Vera, o camião elétrico, conectado e autónomo da Volvo Trucks, recebeu a sua primeira tarefa, transportar mercadorias de um centro de logística para um terminal portuário em Gotemburgo, na Suécia.

Resultado de uma nova colaboração entre a Volvo Trucks e a empresa de logística DFDS, a missão permitirá que a Vera prove o seu valor numa aplicação real, fazendo parte de um sistema conectado para a distribuição contínua de mercadorias em todo o mundo.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

A Vera, que compartilha seu motor com os camiões FL Electric e FE Electric existentes, é projetada para tarefas repetitivas em centros de logística, fábricas e portos, sendo que a Volvo diz que pode transportar grandes volumes de mercadorias com alta precisão em curtas distâncias.

A Volvo Trucks quer implementar um sistema conectado que consiste em vários veículos Vera que conduzem a uma velocidade de até 40 km/h enquanto são monitorizados por uma torre de controle. O objetivo é possibilitar “um fluxo contínuo que responda aos objectivos de maior eficiência, flexibilidade e sustentabilidade”. O projeto é o primeiro passo para implementar a Vera numa tarefa real de transporte em vias públicas pré-definidas numa área industrial.

“Agora temos a oportunidade de implementar a Vera num cenário ideal e desenvolver ainda mais o seu potencial para outras operações similares”, afirma Mikael Karlsson, Vice-Presidente de Soluções Autónomas da Volvo Trucks.

A empresa continuará a desenvolver a solução de transporte autónomo antes de poder estar totalmente operacional. “Transportes autónomos com baixos níveis de ruído e zero emissões de escape têm um papel importante a desempenhar no futuro da logística e beneficiarão os negócios e a sociedade. Vemos esta colaboração como um começo importante e queremos impulsionar o progresso nesta área”, acrescentou Mikael Karlsson.