exame de condução

Esta podia ser uma daquelas histórias, em que nós pensamos que só poderá ter acontecido na Rússia, mas por incrível que possa parecer, não foi, mas foi lá perto.

Este incidente, ocorreu na cidade Polaca de Rybnik, onde uma mulher de 68 anos, teve um dia, que lhe mudou a vida para o restos dos seus dias.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

Tudo aconteceu no dia 24 de Junho, durante o dia, onde durante o exame de condução, uma mulher não identificada bateu nela e fez com que tivesse atropelado o examinador de 35 anos.

A polícia acredita que o examinador estava a testar outro candidato e não estava a prestar muita atenção, à outra candidata que estaria a fazer a prova ao mesmo tempo.

Não sabemos em que moldes o exame estaria a ser feito, no entanto, não nos parece muito adequado, deixar um examinando sozinho num carro sem supervisão, mesmo sendo no dia de exame de condução.

Após a condutora não identificada ter atingido o carro da idosa, esta acabou por se atrapalhar e perder o controlo da viatura, o que acabou por originar o grave incidente.

Não houve intenção e o acidente simplesmente aconteceu. O homem morreu logo depois de sofrer as lesões. Segundo a polícia, ela ficou em choque e mal conseguia falar.

Independentemente das consequências que este acidente pode implicar para a candidata a exame, julgam que ela deveria voltar a ter oportunidade para repetir o exame?

Por um lado, foi um acidente e ela não sendo uma condutora experiente, nunca deveria ter sido deixada sem supervisão, mas por outro lado, involuntariamente, ela já matou uma pessoa, será que deve ser recriminada por isso?

Deixem a vossa opinião nos comentários abaixo 👇