Condições atmosféricas adversas, podem facilmente criar situações que põem em causa a segurança na via. Uma grande parte dos acidentes, ocorrem quando as condições climatéricas são mais adversas, isto quer pelas más condições do piso, quer pela falta de capacidade por parte do condutor, em avaliar o estado da estrada.

No entanto, a Continental está a trabalhar no desenvolvimento de algumas tecnologias, para diminuir o perigo quando confrontados com estas situações.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

O primeiro sistema é chamado de eHorizon e tem como função, a observação das condições da estrada, utilizando cameras ligadas ao sistema de controlo de estabilidade, irão fazer uma leitura da via e da actuação do ESP, para poder calcular o coeficiente de atrito da via.

Os dados são transmitidos para a cloud e comparados com os coeficientes de atrito de outros veículos na área. A empresa também examina dados meteorológicos, como precipitação e a temperatura registada.

Todas essas informações são processadas, usando inteligência artificial para ajudar a prever situações perigosas.

A informação é então, enviada de volta para os veículos e pode avisar os condutores sobre possíveis problemas futuros.

O PreviewESC é outro dos sistemas desenvolvidos pela marca e baseia-se na tecnologia utilizada pelo eHorizon. No entanto, este sistema é um pouco mais interventivo, ele usa o coeficiente de atrito e o raio de curva da estrada, para determinar se um veículo está ou não, a viajar demasiado rápido, para poder fazer a próxima curva com segurança.

Este sistema irá alertar o condutor e caso este não reaja, o sistema irá intervir travando o carro para uma velocidade mais adequada.

O desenvolvimento destes sistemas poderá não agradar a todos os condutores, mas poderá vir a ser útil para ajudar os sistemas de condução autónoma, a prevenir eventuais perigos.