O nome A110 Rally diz quase tudo, é um carro de rally, tem tracção traseira e irá estar disponível para equipas e pilotos privados, que têm como objectivo, competir na categoria R-GT.

O A110 Rally torna-se assim, a terceira versão de competição baseada no carro desportivo da Alpine, após as versões Cup e GT4. O carro irá estrear oficialmente este fim de semana, no Rallye Mont-Blanc Morzine.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

O A110 Rally, foi desenvolvido pelo parceiro de corrida da Alpine, Signatech e utiliza o mesmo chassi de alumínio, utilizado nas versões GT4 e Cup do Alpine A110.

Claro que para tornar o Alpine num carro de Rally, foram necessárias fazer diversas modificações, entre elas, uma suspensão hidráulica de três vias, novos travões Brembo e uma série de elementos de segurança específicos para o desporto em questão.

O motor 1.8 turbo de quatro cilindros do A110 foi também revisto, para se adaptar às exigências das provas de rallys, foi feito um re-mapeamento, debitando agora mais de 300cv e passou a equipar uma caixa sequencial de 6 velocidades.

O Alpine A110 Rally foi desenvolvido em conjunto com o campeão francês de rally Emmanuel Guigou e o campeão júnior francês de 2015 Laurent Pellier.

Os dois pilotos, estão a trabalhar directamente com a Alpine, de forma a afinar o carro e a testar as suas diversas configurações, para que ele se consiga adaptar às diferentes exigências, que as provas de Rally têm.

Claro que um carro destes não é barato e o Alpine A110 Rally, custa cerca de 150000€ e estará disponível para venda, já a partir do final do ano, sob a homologação da FIA para a categoria R-GT.