Um Lamborghini Diablo ficou destruído após cair para uma valeta em Sydney, na Austrália, no início desta semana. As imagens colocadas na página do Facebook da ‘Unidade de investigação de acidentes da Austrália’ mostram as consequências do acidente e afirmam que o proprietário havia comprado o supercarro clássico italiano recentemente.

O condutor supostamente perdeu o controle do Diablo enquanto conduzia pela Fowler Road em Illawong, no sul de Sydney. O carro saiu da estrada e deslizou por um aterro. Muitos dos danos parecem estar na frente, onde o capo e o para-brisa ficaram destruídos. Danos graves também foram sofridos no tecto, portas e um dos painéis traseiros.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

Não se sabe o que levou o condutor a perder o controlo, mas um supercarro V12 com motor montado atrás do passageiro exige respeito e saber o que se está a fazer o tempo todo. Enquanto o próprio Diablo foi destruído e supostamente considerado uma baixa, o proprietário e o passageiro escaparam por sorte, com ferimentos graves.

O Diablo em questão parece ser um dos exemplos originais pré-facelift. Se for esse o caso, o seu V12 de 5.7 litros naturalmente aspirado tem (ou melhor, teve) 485 cv e 580 Nm de binário. Isso também significa que, ao contrário do VT com tracção nas quatro rodas que foi introduzido em 1993, ele envia a sua potencia apenas ao eixo traseiro, o que o torna complicado de conduzir, quando se decide explorar o potencial deste glorioso V12.