GT86 eléctrico

Durante os últimos anos, a Toyota tem recebido pedidos, para lançar uma versão mais potente do GT86, especialmente, uma com um motor turbo. Dado que esta geração do GT86 está perto do fim, uma versão mais potente não deverá estar prevista.

Por isso mesmo, o alemão Philip Schuster decidiu construir uma versão diferente do GT86, tão diferente, que decidiu colocar um motor eléctrico de um Nissan Leaf de 2014.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

O carro tem agora 200cv e 400Nm de binário e embora a potência seja muito semelhante à do GT86 normal, no que toca ao binário, o seu valor quase que duplicou.

Em vez de utilizar um motor eléctrico e um sistema de tracção directo enviando a potência directamente para as rodas traseiras, este alemão decidiu colocar uma caixa manual de seis velocidades.

Todo este engenho não foi fácil de obter e foi necessário desenvolver um adaptador de raiz. Foram também testadas diversas embraiagens, onde se inclui uma de um Suzuki Jimny, de uma Fiat Multipla e de um Porsche 911. Por fim, a embreagem escolhida foi uma de um Honda.

Fornecer o motor Leaf com suco são 48 módulos de bateria. Encontrado onde o motor boxer do 86 era uma vez, existem 16 baterias, enquanto outras 12 são encontradas onde o tanque de combustível costumava residir. Os 20 restantes estão no porta-malas onde a roda sobressalente normalmente fica.