sistema de infotainment

Já sabemos que operar um sistema de infotainment, afecta o nosso tempo de reacção durante a condução, mas o teste que trazemos hoje, vai medir quais os melhores e os piores sistemas de infotainment disponíveis no nosso mercado.

Durante estes teste, foram medidas 20 acções de controlo de infotainment e ar-condicionado de vários veículos, com o intuito de aferir, quais aqueles que menos causavam distrações aos condutores.

Para ver qual o melhor sistema de infotainment, no que toca à distracção causada sobre o condutor, foram colocadas duas pessoas a conduzir 20 carros diferentes, onde em cada um, a pessoa encontrava um tipo de interface diferente.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

O resultado, mostrou que embora os condutores tivessem tempo para se familiarizar com cada sistema, demoravam mais do que o dobro do tempo para realizar uma tarefa, como ajustar a climatização via ecrã, quando comparada com a mesma acção realizada num seletor ou interruptor físico. Também levou mais de quatro vezes o tempo para diminuir o zoom de um mapa de GPS e oito vezes mais, para passar uma lista de estações de rádio.

Para piorar a situação, usar o controlo por voz para encontrar o posto de combustível mais próximo (o que, em teoria, não deveria ser muito perturbador), fez com que os condutores desviassem os olhos da estrada por mais de 10 segundos, se o sistema demorasse a responder.

No total, foram realizados diversos testes, onde os diferentes modelos/sistemas de infotainment, foram avaliados num total de 30 pontos possíveis. Os testes realizados foram os seguintes:

  1. Aumentar a temperatura em 2 graus
  2. Aumentar a velocidade do ventilador
  3. Com um percurso de 32 quilómetros no GPS, voltar para o mapa e diminuir o zoom para ver o percurso inteiro
  4. Cancelar a navegação no GPS
  5. Com o rádio sintonizado numa rádio, ir à lista principal de estações de rádio e mudar para uma outra estação
  6. Utilizar o sistema de voz para encontrar o posto de abastecimento mais próximo

Dos testes realizados, esta é a lista dos modelos/sistemas de infotainment, que menos prejudicam a atenção do condutor durante a condução.

  1. BMW Série 3 com Live Cockpit Professional (28/30)
  2. Mercedes CLA com ecrã de 10,25 polegadas e MBUX (27/30)
  3. Porsche Panamera com Connect Plus e PCM (27/30)
  4. Audi Q3 Sportback com cockpit virtual Plus (26/30)
  5. Mazda 3 com ecrã de 8,8 polegadas e Mazda Connect (25/30)
  6. VW Passat com ecrã de 8,0 polegadas (24/30)
  7. Ford Fiesta com Sync 3 e FordPass Connect (23/30)
  8. Hyundai Ioniq com ecrã de 10,25 polegadas e Bluelink (22/30)
  9. Opel Corsa com Multimedia Navi Pro de 10 polegadas (22/30)
  10. Skoda Kamiq com sistema de 9,2 polegadas (21/30)
  11. Jaguar XE com sistema Touch Pro Duo de 10 polegadas (21/30)
  12. Volvo S60 com Sensus (20/30)
  13. Toyota Corolla com sistema de mídia Touch 2 (20/30)
  14. Nissan Juke com o Nissan Connect (19/30)
  15. Honda CR-V com ecrã de 7 polegadas e Honda Connect (18/30)
  16. Lexus RX com ecrã de 12,3 polegadas (18/30)
  17. Peugeot 508 SW com navegação 3D conectada de 10,0 polegadas (17/30)
  18. Skoda Citigo-e iV (16/30)
  19. Fiat 500X com ecrã de 7,0 polegadas e Uconnect Live (14/30)
  20. MG ZS com ecrã de 8,0 polegadas (12/30)

Se vocês têm um desses modelos, ou um modelo que equipa um desses sistemas de infotainment, digam quais as features que para vocês, estão pior conseguidas e vos causam mais distracções.

Fonte: WhatCar