ford mustang eléctrico

A Internet anda louca e a especulação sobre o próximo Ford Mustang está ao rubro. A culpa, é da própria Ford, que depois de “transformar” o Ford Mustang, num SUV eléctrico, deixou todo o mundo a pensar qual será o rumo do modelo na próxima geração.

Será que o próximo Mustang irá continuar a ter a mesma plataforma V8, ou será que irá evoluir para um híbrido, ou até mesmo para um carro totalmente eléctrico?

Enquanto uns ficam excitados com aquele que pode ser o futuro do modelo, os mais tradicionalistas, vão arrancando cabelos, só de pensar que um dos “American Muscle Cars”, possa vir a ser electrificado, deixando de usar o motor V8.

A verdade, é que ninguém sabe o que irá acontecer, nem a própria Ford. O que se sabe, é que a marca abordou a College For Creative Studies em Detroit, com um projeto para expandir a “amplitude de marca” Mustang.

Como parte do projeto patrocinado pela Ford, os alunos foram convidados a desenvolver concepts, que de alguma forma, projectasse, aquilo que poderia ser o Ford Mustang para 2030-2035, altura em que a Ford estaria a pensar, em converter toda a gama do Mustang para 100% eléctrico.

Um desses concepts, deu origem a um projecto, que imagina o Mustang, como uma shooting Break totalmente eléctrica. Esta seria mais uma maneira de alargar a marca Mustang a outros mercados, levando as famílias, a adquirir um Mustang, mas com uma vertente mais familiar e espaçosa.

Agora, resta saber se a Ford vai aproveitar alguns destes projectos e torna-lo realidade já na próxima geração do Ford Mustang, quer seja com um motor V8 por baixo do capon, ou com uma componente totalmente eléctrica, como aconteceu com o E-Match.