grupo volkswagen

Esta semana foi recheada de novidades, temos um novo Hyundai Tucson com um design revolucionário, um novo Ferrari Portofino M, que tem mais potência e ainda, um novo Nissan Z Proto, que aparentemente, não vai ser vendido na Europa (shame on you Nissan). Mas ao que parece, a maior notícia de todas, vem mesmo do Grupo Volkswagen.

Segundo alguns rumores noticiados pela Car Magazine, parece que o Grupo Volkswagen, decidiu vender a Bugatti à Rimac Automobili.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

De acordo com fontes próximas, o negócio foi aprovado pelos executivos da VW na semana passada, mas o conselho fiscal, ainda não deu o seu selo de aprovação.

Uma parte da Bugatti ainda teria tecnicamente laços com o Grupo VW, tendo em consideração, que a Porsche tem uma participação de 15,5% na Rimac. No entanto, p acordo com a marca Croata, levaria a Porsche a ter uma participação maior na Rimac.

O objetivo final, é que a marca de Estugarda aumente assim, a sua participação na Rimac para 49%. Nos últimos anos, Hyundai / Kia, Koenigsegg, Jaguar e a Magna, também já investiram nesta empresa, nascida à apenas 11 anos.

No entanto, os rumores não ficam por aqui, pois ao que parece, a Bugatti não é a única marca do grupo volkswagen que poderia ser vendida. A notícia refere ainda, que quer a Lamborghini, SEAT, Italdesign e Ducati, estão todas sobre estudo para serem vendidas.

Acredita-se que a VW já tenha negociado com potenciais investidores, mas a pandemia do coronavirus, acabou por atrasar todos os negócios

As novidades terminam com mais um furo interessante. Pois espera-se que a Bugatti revele no final do próximo mês, uma variante única do concept Vision Le Mans, um hipercarro eléctrico para pista.