carro danificado no estacionamento

Quem nunca teve a infeliz experiência, de encontrar o carro danificado no estacionamento?

Esta, é sem dúvida uma situação que nos deixa de cabeça perdida, mas acima de tudo, é preciso ter calma e saber como agir, para tentar resolver o problema.

Neste artigo, vamos explica o que devem fazer e a quem devem recorrer, caso algum dia descubram o vosso carro danificado no estacionamento.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

A primeira coisa que não devem fazer, é remover o carro do local onde está. Devem sim, contactar as autoridades (PSP ou GNR) e até que estas cheguem ao local, não devem mover a viatura, de forma a preservar o “local do crime”.

Outra das coisas que deve fazer, é fotografar todos os detalhes possíveis, que possam servir para documentar o sucedido e eventualmente, servir de prova. Deverá fotografar os danos do carro, os destroços do embate e eventuais vestígios do causador do dano (marcas de pintura, eventuais pedaços que possam ter deixados no local ou até marcas de travagem).

Deverá também tentar procurar testemunhas que possam ter visto o sucedido. Caso seja numa zona residencial, pode tentar falar com alguns moradores, ou caso seja uma zona comercial, tentar falar com comerciantes, de forma a entender se existem câmaras de vigilância por perto, que possam ter registado o sucedido.

No entanto, caso estas provas, não sejam obtidas a partir de câmaras publicas, deverá ter em atenção o Artigo 167.º do Código de Processo Penal,

as reproduções fotográficas, cinematográficas, fonográficas ou por meio de processo electrónico e, de um modo geral, quaisquer reproduções mecânicas só valem como prova dos factos ou coisas reproduzidas se não forem ilícitas, nos termos da lei penal.

Ou seja, este tipo de provas, poderão apenas ser solicitadas através da via judicial.

Caso encontre o carro danificado no estacionamento e este seja privado (e.g. estacionamento de um centro comercial), deverá contactar os gestores do parque. Nestes casos, está protegido pelo Código de defesa do Consumidor.

Este contacto, serve também para entender, se estes têm algum seguro para prevenir este tipo de situações. Guarde o bilhete de acesso ao parque de estacionamento e todas as fotos que tirar.

Tendo a participação feita junto das autoridades, deve accionar o seguro automóvel junto da seguradora, caso tenha seguros contra danos próprios.

Se a entidade gestora do parque privado, tiver seguro ou uma politica de resolução destas situações e que cubra os danos, reivindique esse direito. Caso não consiga chegar a um acordo, poderá contactar contactar um Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo