rally de portugal 2021

No próximo fim de semana, realiza-se a prova mais esperada para os amantes de rally do nosso país, o Rally de Portugal. Depois de um ano de seca devido à pandemia, em 2021, os carros de rally vão voltar a ecoar o seu barulho pelas montanhas portuguesas.

No entanto, este vai ser o último Rally de Portugal, onde vamos ter carros 100% a combustão, pois em 2022 as regras vão mudar e os carros de rally, também vão passar a ser eléctrificados.

Hyundai, Toyota e M-Sport, já iniciaram os testes aos novos carros de ‘Rally 1’, que irão ocupar o lugar dos actuais WRC. Todos os participantes do WRC devem usar uma solução electrificada a partir de 2022, com o motor elétrico a ser usado, para permitir deslocações em modo 100% eléctrico FORA das especiais.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

Basicamente, os carros deverão equipar um motor eléctrico com cerca de 134cv e uma bateria de 3.9kWh, que irá permitir, que o carro se desloque em modo 100% eléctrico durante os troços de ligação e dentro do paddok. Quando o carro estiver a competir, continuará a ser alimentado pelos actuais motores 1,6 turbo de quatro cilindros, que já encontramos nos carros actuais.

Com a adição de um motor eléctrico e das baterias, os carros vão aumentar substancialmente o seu peso, o que pelas imagens já divulgadas pelas marcas, podemos ver que os carros não parecem tão ágeis, quanto os da geração actual, pelo que, na próxima época, vai ser interessante poder comparar tempos entre os carros de ‘Rally 1’ e os actuais WRC.

Em caso de acidente, com estes carros híbridos, é possível que o típico empurrão por parte do público, para retirar os carros de situações mais complicadas, possa vir a ser restrito. Pois com a presença de baterias e carga eléctrica, em carros muito danificados, poderá haver o risco de descarga eléctrica, caso as baterias e os seus componentes fiquem danificados.

Se és daqueles que não costuma ir para os troços, mas gostas de ver os carros nas ligações ou até mesmo no Paddok, a partir do próximo ano, vais deixar de poder ouvir os WRC nesses percursos. Caso vás para o meio do monte levar com pó e ver os carros a passar, não vai ver grande diferença, pois toda a emoção vai estar lá na mesma.