testes EuroNCAP

Com os testes Euro NCAP de 2021 a chegar ao fim, o último lote de testes, conseguiram atribuir um monte de classificações de cinco estrelas diversos modelos, no entanto, também houveram modelos a não obter nenhuma, como é o caso do Renault Zoe, ou modelos a obter apenas uma estrela, como é o caso do Dacia Spring.

O novo Nissan Qashqai, o BMW iX, o Skoda Fabia e o Mercedes EQS, estão entre os carros que obtiveram uma classificação de cinco estrelas, já o Fiat 500e e o MG Marvel R, obtiveram ambos uma prestação razoável, onde obtiveram quatro estrelas.

Mas as avaliações mais preocupantes, vão para o Renault Zoe e para o Dacia Spring, que obtiveram as piores classificações desta ronda de testes.

A Euro NCAP diz que a actualização do Zoe em 2020 trouxe melhorias na bateria, mas nenhuma melhoria nas questões de segurança. Na verdade, a segurança foi agravada pela decisão da Renault em substituir o airbag lateral montado no banco, que protegia a cabeça e o tórax, por um que apenas protege o tórax.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

O modelo mais recente do Zoe, também oferece uma protecção insatisfatória nas colisões em geral, proteção insatisfatória para peões ​​e nenhuma tecnologia significativa para evitar colisões.

Quanto ao Dacia Spring, que no fundo também é um Renault, acabou por se sair um pouco melhor do que o Zoe, mas ainda assim, muito abaixo daquilo que seria esperado, apresentando um alto risco de lesões fatais para o motorista na zona do tórax e na zona da cabeça do passageiro traseiro, em testes de colisão frontal e proteção torácica em impacto lateral. A falta de tecnologias de prevenção de colisão, também influenciaram a classificação de uma estrela atribuída ao Dacia Spring.

O Renault Zoe e o Dacia Spring, dentro dos modelos 100% eléctricos à venda actualmente no nosso mercado, são dos mais baratos que conseguimos encontrar, por isso mesmo, é normal que nestes modelos existam cortes em tecnologias de prevenção, para conseguir manter o orçamento mais baixo, de forma a conseguir oferecer o carro a um preço mais competitivo.