hot hatch

O mercado automóvel é extremamente volátil, pois adapta-se às preferências dos consumidores e isso, é imperativo para definir qual a tendência do mercado. Nos últimos anos, temos visto um claro crescimento do segmento dos crossovers e SUVs no geral, mas em contra-ponto, também temos vindo a notar o desaparecimento de alguns tipos de configurações, como é o caso dos Hatchbacks de 3 portas.

Este era aquele tipo de configuração, pelo qual qualquer petrolhead delirava há 20 anos atrás, a configuração de 3 portas, era um sinónimo claro de “desportivo”. Se olharmos para trás e fizermos um exercício de reflexão, os hatchbacks mais populares dos anos 90 e início dos anos 00, tinham apenas 3 portas.

Citroen AX Sport, Citroen Saxo Cup, Punto GT, Golf Gti, Ibiza Cupra, Peugeot 106 rallye… A lista poderia continuar e existem efectivamente muitos modelos que poderiam entrar aqui.. Modelos esses, que muitos de vocês em determinado ponto da vossa vida, já se imaginaram a possuir.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

No entanto, hoje em dia, caso vocês queiram comprar um carro com esta configuração, as ofertas são extremamente limitadas e existem apenas 3 modelos que vocês podem comprar, oFord Fiesta, o MINI Cooper ou um Toyota GR Yaris, este último altamente limitado no número de unidades produzidas.

A triste realidade, é que o mercado começou a exigir carros maiores, mais espaçosos e com maiores níveis de praticabilidade, coisas que os pequenos Hatchbacks de 3 portas, não são capazes de oferecer. Segundo dados daJATO Dynamics, em 1991, os hatchbacks de 3 portas representavam 42% do total de hatchbacks vendidos na Europa.

Dez anos depois, em 2001, a queda no número de vendas já se fazia notar e cerca 37% dos hatchbacks vendidos na Europa, tinham apenas 3 portas. Mas a maior queda deu-se até 2011, onde apenas 18% dos hatchbacks vendidos na Europa tinham a configuração de 3 portas. Desde Janeiro até Outubro deste ano, osHatchbacks de 3 portas estão quase extintos, representando apenas 2% dos hatchbacks vendidos com cerca de 65000 unidades vendidas, sendo o Mini o mais vendido dos 3, pois é também aquele que oferece um maior número de combinações de motorizações neste tipo de carroceria.

Esta tendência extende-se também aos citadinos, onde são cada vez mais raros os modelos de 3 portas e cujas vendas têm também vindo a cair ao longo dos anos. Esta tendência tende-se a agonizar pois até mesmo o Fiat 500 já possui 5 portas