ISP volta a subir

Depois de várias semanas de sucessivos aumentos no preço dos combustíveis, os contribuintes portugueses, sentem algum alívio no que toca ao preço dos combustíveis. Ontem com o início de uma nova semana, veio também uma ligeira descida no preço da gasolina e do gasóleo, 3,9 cêntimos e 3 cêntimos, respectivamente.

Embora o no último fim-de-semana, o Ministério das Finança tenha vindo dizer que o alívio fiscal concedido pelo estado, estava perto dos 25 cêntimos por litro, o que eles não referiram, foi que esta semana, parte dos impostos iriam ser repostos, o que fez com que a descida que poderia ter sido maior e assim, reflectir um maior alívio no bolso dos contribuintes, acabou por em parte ir para os cofres do estado.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

Com base nas cotações internacionais, a margem de descida estimada, permite assim ao Estado recuperar uma parte da receita fiscal que não está a cobrar devido à redução no ISP. Este aumento de receita fiscal ocorreu apenas para a gasolina, que terá um aumento de 0,3 cêntimos relativamente ao ISP. Considerando o efeito do IVA sobre o ISP, faz com que a subida seja 0,4 cêntimos por litro na gasolina. No gasóleo não houve qualquer tipo de aumento no que toca aos impostos.

A redução das taxas do ISP na mesma medida do valor cobrado sobre o IVA é temporária e sempre esteve previsto que o imposto fosse reposto à medida que houvesse uma descida dos preços dos combustíveis, no entanto, estas descidas ainda não foram suficientes, para baixar o preço dos combustíveis da marca dos 2€/lt.

Na próxima semana, o Governo terá de anunciar se mantêm a descida extraordinária de 15 cêntimos por litro no ISP, pois esta medida extraordinária apenas está prevista até ao final de Junho.