bomba de combustível

Utilizar a mangueira de combustível para abastecer o nosso carro, é um daqueles rituais que parecem bastante simples e naturais, no entanto, por de trás de uma acção tão rotineira, esconde-se um mecanismo bastante complexo que poucos conhecem.

É tudo uma questão de mecânica de fluídos e o vídeo que trazemos hoje, explica isso da melhor maneira. O vídeo é da autoria de Steve Mold, um fisico inglês, que prepara uns vídeos bastante explicativos e que tornam estas explicações mais complexas, em coisas simples, para que qualquer um consiga compreender.

Todo o funcionamento da bomba de combustível é baseado na dinâmica dos fluidos e na troca de pressão, que faz com que o combustível flua e pare quando este atinge o topo do tanque. Existe um orifício normalmente localizado na ponta da mangueira, que serve para “medir” a pressão do gás existente no depósito de combustível.

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

Este mecanismo funciona através do método de Venturi e quando o tanque fica cheio, a pressão do gás existente no tanque de combustível, faz disparar um mecanismo, que tranca o “gatilho” da bomba, impedindo assim que o combustível seja derramado para fora do carro.

Para além de ser um método mais conveniente, este é também mais seguro, pois impede que alguma fonte de ignição proveniente por exemplo da electricidade estática, faça com que exista um incêndio, o que seria bastante perigoso.

Embora este processo possa parecer estupidamente complexo, o próximos vídeo tem bastante ajuda visual, recorrendo a diferentes moldes e até mesmo a uma mangueira aberta ao meio, de forma a ajudar a explicar todo o processo. Algo que com os meus parcos conhecimentos sobre mecânica dos fluídos, seria muito difícil de explicar.