O Alcolock, também conhecido como Ignition Interlock Device (IID), irá ser obrigatório em carros recém homologados a partir de julho de 2022. O que é, para que serve e como funciona, é isso que vamos ficar a descobrir neste artigo.

Conduzir embriagado, é uma das principais causas de acidentes rodoviários, com consequências que muitas vezes podem ser fatais. Para optimizar a segurança rodoviária e reduzir ao mínimo o número de acidentes, a União Europeia criou um Regulamento, no qual estabelece a presença obrigatória de alguns sistemas ADAS (Advanced Driver Assistance System), ou seja, sistemas avançados de assistência ao condutor, onde entre eles, se destaca o Alcolock , também conhecido como Ignition Interlock Device (IID) ou Alcohol Interlock . 

Este sistema tem um dispositivo que funciona exatamente como um alcoolímetro usado pela policia, onde o condutor sopra e este regista o teor de álcool no sangue, se estiver acima daquilo que é definido por lei, o sistema impede o carro de funcionar

Já subscreveram o nosso canal no Youtube?

Os limites de teor de álcool variam de país para país e o Alcolock será instalado em carros a partir de 2024 com valores fixados com base no país de destino. No entanto, ainda não é totalmente certo como é que estes dados irão ser geridos, pois o condutor pode viajar para o estrangeiro com o seu carro, ou ate mesmo, podemos comprar um carro fora do nosso país, onde os limites de álcool são diferentes.

Para otimizar a segurança rodoviária, a União Europeia elaborou o Regulamento 2019/2144, que estabelece a presença obrigatória de determinados sistemas ADAS em carros recém-homologados, a partir de 6 de julho de 2022 e em carros matriculados pela primeira vez a partir de 7 de julho de 2024. Assim, a obrigação aplica-se apenas aos automóveis com homologação recente: não é necessário instalar este dispositivo nos automóveis já em circulação.

A pergunta que muitos devem estar a fazer neste momento é se o Alcolock pode ser desactivado? Efectivamente existem alguns sistemas de ajuda á condução, que podem ser ativados ou desativados. No entanto, desactivar o Alcolock, significaria fazê-lo perder todo o sentido que tem. Poderá existir essa possibilidade para casos extremos, mas o sistema irá reconhecer o bypass ao sistema e regista-lo nas informações do veículo. Na verdade, para contornar o Alcohollock, caso o condutor não esteja sozinho, pode pedir a uma pessoa sóbria para fazer o teste e o carro irá funcionar sem problema.